Sr. Rocha da Internet @ 00:26

Qua, 05/08/09

 Quando em 1998 escrevia um manifesto de extrema direita com alguns compatriotas, apareceu uma pobre alma que resolveu responder ao manifesto por e-mail, criticando a posição deste grupo de pessoas respeitáveis, dinâmicas e com uma visão séria para o país. A criatura resolveu, então, assinar o e-mail como cidadão corajoso e responsável que julgava ser. Foi nesse momento que dois dos subscritores, dos quais um não era eu, se lembrou que aquele nome constava nas listas de um partido que, à época, ambos filiavam maquiavelicamente e decidiram escrever-lhe uma carta para casa. A carta começava deste modo: "como vês sabemos quem és e onde moras".

Vem isto a propósito de a inscrição do Erecções 2009 no encontro entre Francisco Louçã e alguns bloggers não ter sido aceite. Como tal, é com alguma serenidade que vimos dizer aos senhores do esquerda.net que quem semeia ventos colhe tempestades. 




Aurea Mediocritas @ 10:06

Qua, 05/08/09

 

Proponho a formação das BEO, Brigadas das Erecções Ocultas.
Para tratar destas situações em que se seja preciso por bombas ou coisa que o valha.


FuckItAll @ 10:25

Qua, 05/08/09

 

E, sobretudo, para não convidar pessoas. Somos erecções selectivas.


Filinto @ 11:29

Qua, 05/08/09

 

Eu sabia, és o gaijo da foto do Partido da Liberdade e tarara.


Aurea Mediocritas @ 12:32

Qua, 05/08/09

 

Não sou, mas respeito a sua envergadura politica.

erecções em linha
comentários recentes
Este é o muno ue nos criaram! Há que aceitar! Meus...
E diz um pequeno pedaço de electoral goss que numa...
Não é que eu saiba sueco,mas fonte segura disse-me...
Aposto que tive influência nesse resultado extraor...
Estive para por essa musica, mas gosto muito mais ...
Eu serei Lucy no céu com diamantes. Seremos todos.
Sou um poço de poesia.
Chego a emocionar-me quando falas.
Há quem diga que a realidade é a alucinação consen...
O que isto quer significar é que tu podes sair de ...

todas as tags